sábado, 10 de dezembro de 2011

Curiosidade: Carta do pai de Eminem ao filho

Abaixo está a carta escrita por Marshall Mathers Jr, pai de Eminem. Em carta aberta para o filho, ele tenta explicar porque não esteve presente na vida de Eminem.
A carta foi publicada pelo jornal Daily Mirror em 26 de agosto de 2001. Confiram:

Querido Eminem,

OLÁ, filho. Você não se lembra de mim, apesar de eu o ter carregado em meus braços quando você era um bebê. Você acredita que eu o abandonei com sua mãe e que nunca procurei por você. Você está convencido que eu sou um bêbado que nunca respondeu nenhuma de suas cartas. Bem, eu quero que você leia isto e perceba que você foi alimentado com mentiras durante toda sua vida. Agora você vai ouvir a verdade pela primeira vez. Mas eu quero deixar claro que eu não estou atrás de nada seu. Eu trabalho duro, eu tenho dinheiro. Eu não preciso e nem quero o seu. Só há uma ambição em minha vida que é te dar um abraço e te dizer que eu sempre te amei. Deixe-me começar do começo e te contar toda a historia. Eu só tinha 21 anos quando eu casei com Debbie, sua mãe. Ela tinha 15, então precisou de uma permissão especial para nos casarmos. Por um ano nós vivemos no porão de uma casa em Dakota do Norte. Nós nos casamos muito cedo, era ridículo, eu fiquei encantado quando soube que sua mãe estava grávida. Ela diz que eu estava bêbado e usava drogas, mas não é verdade. Ela ainda alega que eu não estava no hospital quando você nasceu que eu estava a traindo com sua melhor amiga. É mentira e eu posso provar. 

Ok, eu não estava lá para ver você nascer, mas naquela época os hospitais não eram tão liberais em deixar os pais assistirem o parto. Mas eu estava lá para o parto e 10 minutos depois. Eu ainda tenho o Livro do Bebê onde Debbie gravou quem estava presente no hospital, e eu estou lá; por que ela fala que eu não estava? Eu adorava quando você era um bebê. Você era tão fofo, e eu adorava te alimentar e trocar as suas fraldas. Eu e sua mãe não estávamos nos dando bem, mas ela era ótima com você; você estava sempre limpo, alimentado, bem vestido, eu não posso culpá-la por isso. Mas a atmosfera entre nós dois se deteriorou. Nós nos mudamos para o nosso apartamento próprio e um dia eu voltei do trabalho e tudo tinha desaparecido. Estava tudo quieto como a morte, nenhum som na cozinha ou do seu quarto. Móveis, quadros, tudo sumiu. Não tinha nenhum bilhete. Eu entrei no meu carro e comecei a dirigir pelas redondezas, em qualquer lugar onde você ou sua mãe poderiam estar. Eu hoje creio que vocês foram para Missouri, onde estava a família de Debbie. Foi como se um raio tivesse caído do céu. Ler hoje que foi eu quem os abandonou me faz chorar de ódio. Eu passei seis semanas procurando por vocês em todos os lugares. Eu estava perturbado. Eventualmente eu entrei com os papeis do divórcio, mas tudo foi feito entre os advogados e nenhum deles me disse onde vocês estavam. Nunca houve uma audiência, foi tudo através de papeis. Depois de 1 ano eu desisti. Eu não tinha mais energia para continuar com isso. Nos filmes você consegue rastrear as pessoas, mas na vida real não é tão fácil assim. Você tem trabalho, emprego, você não tem dinheiro ilimitado para percorrer o país inteiro. Eu li em algumas entrevistas que você me escreveu umas cartas e elas voltaram escritas “retornar ao remetente”. Eu posso dizer, com Deus como testemunha, eu não recebi nenhuma carta sua. De qualquer forma, em 1975 eu mudei para San Diego, me apaixonei de novo tive um filho e uma filha. Michael 23 anos e Sarah 21 anos. São os seus meio-irmãos que você nunca conheceu. 

De fato foi Michael que veio até mim e disse que tinha esse novo rapper cujo o nome verdadeiro era igual ao meu. Eu não pensei muito sobre isso até alguém me mostrar na revista Rolling Stone uma foto de Debbie segurando você quando bebê. Isso me apavorou. Visando meu bem, Sarah te escreveu através da sua gravadora dizendo que eu ainda estava vivo e bem e te passando o meu endereço na esperança de você entrar em contato. Nós nunca tivemos uma resposta. Quando eu me mudei para Califórnia sua mãe não tinha idéia da onde eu estava, então como você poderia ter o endereço correto? Eu suspeito que ela disse qualquer coisa a você, então você escreveria a carta e o correio a retornava para você. Mas isso faz a versão dela de não me importar com você parecer verdade. Se eu sou um pai tão ruim assim, como Michael e Sarah ainda têm contato comigo mesmo depois de eu ter separado da mãe deles? Nos últimos dois anos eu estou com essa namorada. O nome dela é Teresa Harbin ela tem 40 anos. Você iria gostar dela. Eu? Bem, eu tenho 50 agora e trabalho com construção. Há tantas mentiras que precisam ser desfeitas. Há uma foto minha aparentemente indo a uma reunião dos Alcoólatras Anônimos. Mas eu não bebo mais. Essa foto minha foi quando parei para comprar um donut e posso provar porque o logo da loja está no fundo da foto. Eu ainda li que Debbie teria dito que eu sou descendente dos índios Blackfoot e ela descendente dos Cherokee. Soa legal, mas na verdade a família da sua mãe veio da Escandinávia, e a família do meu pai tem origem em Gales do Sul. Eu ouvi dizer que eles têm bons cantores em Gales, todos aqueles corais, então algo de lá deve ter passado para você, meu filho. É legal pensar que sim. Então, é tudo por agora. Eu só quero que você saiba que não se passou um dia em que eu não pensei em você. Eu estou dizendo isto neste jornal porque ele foi o único que se importou em publicar a verdade. Eu pegaria um avião agora, neste momento, iria a qualquer lugar no mundo, para me encontrar com você. Por favor, entre em contato comigo.


Com amor, seu pai. 

17 comentários:

  1. OI.

    É estranho algumas coisas que acontecem por que, acho que foi na quinta-feira, eu estava lendo essa carta ou parte dela, e ia pergutar exatamente sobre o pai do Eminem e a carta, quando... no dia seguinte visitei o site para perguntar eis que me deparo com o seu post falando sobre o próprio e que iria traduzir a carta. Preferi esperar você traduzí-la para que pudesse comenta-la. Bom, conhecidências da vida.


    Agora sim, meu comentário.


    Ele escreveu belas palavras, quase me emocionei, mas fiquei no quase. Algumas coisas realmente não fazem sentido ou é muito difícil de acreditar o principal é nesse trecho:

    "De fato foi Michael que veio até mim e disse que tinha esse novo rapper cujo o nome verdadeiro era igual ao meu. Eu não pensei muito sobre isso"

    Como ele não poderia ligar sabendo que seu filho tinha o mesmo nome e sobrenome que o dele. Só quem já teve alguém desaparecido sabe como é; qualquer semelhança é uma esperança.


    Peace!

    ResponderExcluir
  2. Wow, gostei do comentario dessa pessoa. Foi bem visto esse detalhe =)

    ResponderExcluir
  3. Sim, ainda mais pelo fato de que foi o proprio Marshall Jr. quem registrou o Eminem. É o que a Debbie conta no livro dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como chama o livro???

      Excluir
    2. Chama: "my son marshall, my son Eminem"

      Excluir
  4. nossa, eu nao sei quem esta certo ou não cada um fala uma coisa, mas falo por mim a falta que um pai e uma mae faz nao importa a idade bem que essa familia poderia voltar, e tentar ser feliz seria bom para todos =]

    ResponderExcluir
  5. qui mentira ele ta de olho e no dinheiro do eminem isso sim eminem e um grande cara de personalidade eu admiro ele muito sou fan dele amooo ele muitooo ass:mayara eminem

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Ahhh eu nao sei mas algumas coisas q o pai està certo. Como eh q a Debbie sabia o endereço do Marshall se segundo ela ELE fugiu e nao voltou???? Eu penso q o eminem devia dar uma chance so pra conversarem pq ngm sabe se o q a mae dele disse eh tudo real e tipo o eminem tem o nome sobrenome dele, e no fundo ele deve querer saber quem esta certo

    ResponderExcluir
  8. o sentido desta carta so envolve dinheiro da parte do pai , se ele o amasse tinha ido a procura dele o resto da sua vida , eu faria isso com o meu filho!

    ResponderExcluir
  9. É tudo tão complicado.. é como um quebra cabeças muito difícil de montar. Muitas mentiras cara, muita.

    ResponderExcluir
  10. eu me identifico um pouco com a história de Eminem, porque meu pai ao contrário dele, praticamente me deserdou, falsificando exames de DNA para agradar algumas pessoas, enfim, não sei se o perdoaria ou não, isso o tempo dirá, mas essa carta do pai do eminem é mt interessante, as palavras, o que ele diz, mas quem sabe realmente é o próprio Eminem, eu o admiro também, pela luta de vida, e por sua mudança e claro pelas suas músicas (:

    ResponderExcluir
  11. Marshall, quando eu me for, siga em frente, nao sofra, fique alegre., por
    saber que em algum lugar do mundo, existiu uma garota de nome Samara que viveu acreditando em voce, e que mesmo sem te ver, te sentiu, e... que mesmo sem ter, sempre te AMOU!! Quanto a sua familia, o que passou, passou, nao volta mais . O truque e tirar somente as coisas boas e somente os bons exemplos de tudo na vida, se voce EMINEM, nao tivesse passado por muitas coisas que ao longo de sua vida foi obrigado a passar ... Quem seria 'EMINEM'!? Talvez nao seria nem metade do homem que hoje voce e, e muito menos metade do que se tornou! Pense nisso!

    ResponderExcluir
  12. Imagina como o eminem deve ter ficado se ele chegou a ler essa carta..embora controversa,ele diz poder provar tudo que diz

    ResponderExcluir
  13. O que Eminem achou dessa carta? ele respondeu ao pai? se ele respondeu, o que ele disse? gostaria muito de saber ..

    ResponderExcluir
  14. É por isso que o Marshall Mathers (slim shady)tem violencia
    Pelas mentiras da mae dele
    Eu acredito nessa versão e esta bem provada pelas fotos
    Na musica cleanin'out my closet ele tambem insulta o pai e a mae

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...